Guia da Prevenção: 03 principais problemas de saúde desenvolvidos no trabalho

Hora da Segurança: Sistema móvel para Enlonamento de Caminhão
16 de Maio de 2019
Artigo: é possível reduzir custos e acidentes ao mesmo tempo?
22 de Maio de 2019

A rotina de grande parte dos indivíduos envolve passar grande parte do seu dia em seus respectivos trabalhos. Colocando nessa conta o tempo de deslocamento, 1 hora de almoço, e uma carga horária de 8 horas diárias, essa pessoa pode passar até mais de 12 horas fora de casa.

Não somente, esses indivíduos muito provavelmente realizam as mesmas atividades durante todo o seu período de trabalho. Exatamente como podemos observar no filme clássico de Charles Chaplin, Tempos Modernos.

O grande problema dessa grande carga horária realizando as mesmas atividades é que muitas delas oferecem riscos à saúde dos trabalhadores. Estes, posteriormente podem vir a desenvolver doenças ocupacionais.

Por conta disso, fizemos uma lista com informações a respeito dos 3 principais problemas de saúde desenvolvidos no trabalho. Assim você ficará atento e poderá evitar essas situações.

AS 3 PRINCIPAIS DOENÇAS OCUPACIONAIS

O trabalho pode causar os mais diversos males à saúde, desde problemas de locomoção até mesmo no sistema respiratório e alergias. Tudo isso dependerá somente da atividade desenvolvida.

Você verá que até mesmo o “inofensivo” trabalho de escritório traz consigo seus riscos. Ademais, ainda é extremamente importante saber se o funcionário está sofrendo como consequência do seu trabalho para que o mesmo possa correr atrás de seus direitos.

  • LER/DORT

Ambos os casos são lesões causadas por esforço repetitivo e uma delas, inclusive, carrega esse nome (LER). Já DORT significa Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho.

Em ambos os casos o indivíduo perde a força nos membros afetados pela doença, isso se dá pelo desgaste de estruturas do sistema músculo-esquelético. Esse tipo de condição pode ser ligado a inúmeras atividades, dentre elas estão digitadores, trabalhadores agropecuários e auxiliares de lavanderia, por exemplo.

Não somente, postura inadequada, grandes cargas de estresse e longas horas de trabalho também são fatores que influenciam o desenvolvimento das condições.

  • Doenças Psicossociais

Infelizmente, é frequente enfrentar problemas de estresse no ambiente de trabalho, que podem gerar, ao longo do tempo, um grande nível de esgotamento físico e psicológico ao funcionário.

Estes, quando ligados a outros fatores como pressão psicológica por resultados, ambiente de trabalho hostil, carga horária excessiva podem levar ao desenvolvimento de doenças psicossociais. Estas podem ser depressão, estresse excessivo, ataques de pânico e outras de ordem emocional.

  • Surdez temporária ou definitiva

Inúmeros trabalhos envolvem a exposição a altos graus de ruído. Este pode ser em um sítio de obras, fábrica, telemarketing ou até mesmo um grande escritório. Mesmo que o ruído não seja o suficiente para tirar a sua audição, isso pode impactar em sua qualidade de vida.

Mas quando pode ser fisicamente prejudicial, cabe ao empregador adotar as medidas necessárias para preservar fisicamente os seus funcionários. Seja neutralizando o ruído por completo ou mesmo fornecendo Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para os seus funcionários.

Quer saber mais sobre doenças ocupacionais? Deixe uma sugestão via e-mail ou pelo Facebook e aproveite para entrar em contato conosco para tirar dúvidas.

E-mail: marketing@bunzlepi.com.br

Lembre-se: sempre verifique o CA antes de usar o EPI.