Hora da Segurança: Luva arco elétrico categoria 4

Artigo: é possível reduzir custos e acidentes ao mesmo tempo?
22 de Maio de 2019
Guia da Prevenção: os principais riscos de trabalhar sentado
28 de Maio de 2019

Nem precisamos falar como é importante o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para aqueles trabalhadores que lidam diretamente com corrente elétrica. Esse tipo de ocupação é extremamente perigosa e facilmente pode levar um indivíduo a morte.

Nesse sentido, a utilização de luvas, assim como todo um aparato – do macacão às botas – que seja fabricado especialmente para lidar com eletricidade é necessário. Em especial porque em altas voltagens a ocorrência de arco elétrico é comum.

Curioso para saber mais sobre essa temática? Continue lendo esse texto onde falaremos mais sobre arcos elétricos e a luva que o indivíduo deve utilizar para se proteger.

ARCO ELÉTRICO: O QUE É E COMO É FORMADO?

O arco elétrico acontece quando uma descarga elétrica é criada, ele também é conhecido como arco voltaico ou mesmo o famoso curto-circuito. Esse é um fenômeno extremamente poderoso e rompe, inclusive, o isolamento criado pelo ar.

Você já viu algum vídeo ou presenciou redes de alta tensão criando algo bastante similar a um raio? É isso que é o arco voltaico. Se sim, você já sabe o quão isso é perigoso, podendo facilmente causar graves acidentes.

LEGISLAÇÃO SOBRE O TRABALHO COM ELETRICIDADE

Por ser uma profissão perigosa, o trabalho com eletricidade tem uma Norma Regulamentadora (NR) totalmente destinada a regulamentação da mesma.

Os empregadores são obrigados a treinar e documentar “a qualificação, habilitação, capacitação, autorização dos trabalhadores e os treinamentos realizados”. Não somente também deve ter a “especificação dos equipamentos de proteção coletiva e individual”, além de outras exigências.

EPI PARA TRABALHAR COM ELETRICIDADE

Os EPIs necessários para o trabalho com eletricidade são:

  • Capacete;
  • Capa protetora;
  • Luvas adequadas;
  • Sapatos – normalmente de borracha;
  • Óculos de proteção; e
  • Cinto de segurança quando o serviço é feito em altura.

Nessa lista ficou faltando algo bastante óbvio, contudo, não é um EPI. Ferramentas adequadas, isso é de extrema importância, pois esses equipamentos são especiais e não conduzem eletricidade ou tem cabo protetor.

Dentro de universo de EPIs estão as luvas protetoras contra arcos voltaicos. Elas são constituídas de camadas de tecidos que não são condutores e inflamáveis. Isso é especialmente importante, pois tecidos convencionais, no caso de acidentes com arcos voltaicos tendem a entrar em combustão, aumentando a extensão dos ferimentos do indivíduo.

Também é importante que as luvas utilizadas em situações de risco de arco elétrico atendam aos requisitos especificados pelas normas ISO 11612 & IEC 61482-2.

Não somente, qualquer EPI destinado a essa aplicação deve ser completamente limpo de contaminantes. Isso se dá porque a presença de graxas e outras sujeiras oleosas, são inflamáveis, por isso, é preciso de muita atenção à limpeza do EPI.

Também não é indicado utilizar água sanitária ou detergentes que a contenham, uma vez que podem impactar a resistência do tecido!

Quer saber mais sobre luvas? Deixe uma sugestão via e-mail ou pelo Facebook e aproveite para entrar em contato conosco para tirar dúvidas.

E-mail: marketing@bunzlepi.com.br

Lembre-se: sempre verifique o CA antes de usar o EPI.