7 práticas seguras que todo trabalhador deveria cumprir

O que é EPI? – Entenda de uma vez por todas
9 de Janeiro de 2018
NR 20 – Postos de Gasolina – Veja quais são os EPI obrigatórios
16 de Janeiro de 2018

Nós como distribuidor de EPI e provedores de soluções, sentimos que falta nas empresas instruções sobre comportamento seguro. Por este motivo, criamos o conteúdo: 7 práticas de um comportamento seguro.

Quando falamos em Segurança do Trabalho, além dos equipamentos de proteção individual ou coletiva, não podemos deixar de citar um dos principais quesitos que influenciam nas atividades seguras e saudáveis de seus colaboradores: comportamento seguro.

O comportamento humano é um fator crucial para evitar acidentes e complicações de seus colaboradores no ambiente de trabalho.

Assim como aprendemos na autoescola que o comportamento seguro no trânsito é imprescindível para evitar acidentes, no ambiente de trabalho não é diferente. A conduta dos colaboradores é uma condição fundamental para a segurança dos mesmos.

Mesmo com o uso de EPI, o funcionário não está livre de acidentes, por frequentar e praticar atividades em zonas de risco constantes.

Contudo, o que significa ter um comportamento considerado seguro no trabalho? Aqui estão alguns exemplos:

  • Utilizar o EPI com C.A. (Certificado de Aprovação) em dia, de forma correta e adequado para o risco da atividade exercida;
  • Certificar-se periodicamente de que todos os equipamentos, máquinas, objetos e ferramentas estão propícias para uso. Caso não estejam, não fazer a utilização dos mesmos;
  • Guardar os EPI de forma correta. Lembre-se de conservar o seu principal recurso de segurança no trabalho;
  • Manter-se em posição correta (ergonomicamente) ao desempenhar uma atividade;
  • Utilizar as ferramentas de trabalho de forma correta e com cautela;
  • Realizar pausas e alongamentos para a prática saudável das atividades;
  • Manter o ambiente de trabalho bem organizado e limpo.

Essas são algumas ações, dentre muitas, que podem fundamentar um comportamento seguro dos funcionários ao desempenhar suas funções. Para promovê-las, você que é gestor, engenheiro ou técnico de segurança do trabalho ou tem alguma função relacionada a essas práticas, precisa executar treinamentos periódicos com sua equipe para conscientizá-la e com isso permitir que esteja cada vez mais preparada para desenvolver seu trabalho com segurança. É muito importante estar sempre atento e verificar os possíveis riscos que seus funcionários podem correr, prevenindo-os com frequentes análises e estudos.

E lembre-se: o reconhecimento é um combustível potente de motivação para seus colaboradores. Desse modo, é louvável que a liderança de sua empresa saiba recompensar aqueles que contribuem e se comportam seguramente nos locais de trabalho, até mesmo com elogios, agradecimentos ou premiações.