Zero Acidentes: tenha o conhecimento de estatísticas internas de acidentes de trabalho

Manual da Segurança: Talabarte
28 de Março de 2019
Artigo: Qual a validade do curso de NR 35?
3 de Abril de 2019

Quando falamos sobre gestão de segurança do trabalho, nos referimos a diversos fatores, dentre eles, o acompanhamento de métricas que demonstrem onde a empresa está no quesito segurança dos trabalhadores.

Talvez muito mais fácil para você visualizar essas métricas em áreas como a financeira, ou mesmo referente ao marketing. Apesar dessa visão, mensurar o nível de segurança através de estatísticas internas de acidentes de trabalho é necessário.

Uma máxima é correta quando tratamos dessas questões: o que não é mensurado, não pode ser melhorado. Afinal de contas, melhorado em relação a que?

Dessa forma, nesse texto vamos falar um pouco sobre indicadores de performance para segurança do trabalho e saúde! Pronto? Então vamos lá.

CONHEÇA OS KPIs

KPI é uma sigla que significa indicador de performance (do inglês Key Performance Indicator) e são definidos com o objetivo de acompanhar o desempenho de qualquer área considerada importante para que a empresa se desenvolva.

De modo geral, ainda podemos designar um indicador como um dado passível de ser mensurável e que demonstra o quão efetiva uma determinada abordagem para solucionar um problema está sendo.

Existem inúmeros indicadores que podem ser utilizados, contudo, um grande volume de dados não irá responder perguntas objetivas. Será uma grande bagunça de números sem um objetivo.

Nesse sentido, também é necessário escolher bem os KPIs que serão analisados a fim de responder as perguntas certas que concernem a segurança do trabalhador. Dessa forma, é importante contar com um engenheiro ou técnico em segurança do trabalho na hora de selecionar os corretos.

PORQUE ACOMPANHAR OS KPIS

Ao acompanhar os KPIs de perto, os gestores têm acesso a métricas relacionadas a saúde e também aos riscos laborais. Isso ajuda a melhorar o ambiente de trabalho, transformando-o em algo muito mais seguro.

ALGUNS KPIS PARA ACOMPANHAR DE PERTO

Como dissemos, escolher os indicadores a serem acompanhados é algo relativamente delicado e de extrema importância que seja feito corretamente. Contudo, essas 5 resumem bem as necessidades de muitas empresas:

  • Quantidade de acidentes de trabalho

Esse talvez seja um dos indicadores mais óbvios, contudo, será que existe um acompanhamento de perto do número de acidentes e o que eles significam?

Isso pode falar muito mais sobre o programa de prevenção do que você imagina.

  • Quantidade de doenças ocupacionais

Inúmeras ocupações podem causar doenças ocupacionais. Desde trabalhos dentro do escritório até mesmo exposição a substâncias tóxicas.

  • Número de inspeções

Inspeções realizadas pelos profissionais de segurança do trabalho tendo em vista as boas práticas em segurança do trabalho.

  • Número de encontros da CIPA

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) é uma das principais organizações para tratar da segurança e saúde do colaborador dentro do ambiente de trabalho.

  • Nível de produtividade da equipe

Um ambiente considerado inseguro afeta até a produtividade da equipe. Dessa forma, prover um ambiente de trabalho seguro é essencial para todos!

Quer saber mais sobre como reduzir acidentes de trabalho? Deixe uma sugestão via e-mail ou pelo Facebook e aproveite para entrar em contato conosco para tirar dúvidas.

E-mail: marketing@bunzlepi.com.br

Lembre-se: sempre verifique o CA antes de usar o EPI.